Home Rússia Moscou Os melhores parques ao ar livre em Moscou

Os melhores parques ao ar livre em Moscou

99
0
COMPARTILHAR

As ruas de Moscou são como qualquer outra grande metrópole ao redor do mundo: sempre bastante movimentadas, com gente apressada e um trânsito não muito convidativo para um passeio. Apesar desse movimento todo, a capital russa ainda preserva bons espaços onde se você pode relaxar e aproveitar a natureza com tranquilidade. É o exemplo dos parques que, mesmo em qualquer época, seja de muito frio ou calor, são espaços feitos para que os moradores locais e os turistas consigam aproveitar ainda mais o que a cidade tem a oferecer.

Na primeira vez que visitei Moscou tratei de conhecer logo os pontos turísticos mais famosos, como a Praça Vermelha e o Bolshoi, por exemplo. Já me sentindo quase como um cidadão russo (aham), nas outras visitas busquei conhecer a cidade mais a fundo, visitando parques e outros pontos que um visitante comum geralmente não observa. E para te ajudar a planejar melhor a visita a essa grande cidade, fiz uma listagem com alguns dos mais bonitos parques de Moscou.

Gorky Park

Gorky park Moscou Rússia

Talvez esse seja o principal parque principal da cidade. Anteriormente ele era um parque dedicado aos fuzileiros navais, mas logo se transformou em um parque para os cidadãos. Nos finais de semana, mesmo com o tempo bom, o parque não costuma ficar superlotado. Os frequentadores costumam deitar no gramado para tomar sol, assistir a sessões de cinema ao ar livre, comer bolinhos, yakisoba,tomar sorvetes e chás quando estão por lá.

No parque você pode:

  • Jogar ping pong ou tênis na quadra.
  • Alugar uma bicicleta ou patins.
  • Ter aulas de dança e yoga (em frente à “Casa do pescador”)
  • Jogar vôlei de praia ou futebol na areia.
  • Visitar o Centro de Arte Contemporânea “Garage”
  • Se estiver com crianças visite a “Escola Verde”, onde tem tudo que você precisa para a desenvolver a criatividade dela. Por exemplo, as crianças aprendem a cuidar de suas próprias plantas ou até construir cabanas.
  • Ir a um dos inúmeros festivais e concertos que são realizados com freqüência.

Muzeon Park (Музеон)

Muzeon park Moscou Rússia

O Muzeon fica localizado em frente ao Gorky Park. O perfil dele é ligado a passeios mais tranquilos como ler um bom livro sobre colchonetes, visitar exposições, assistir ao cinema ao ar livre, concertos e aulas dos mais variados assuntos. Resumindo, é um lugar para contemplar “a natureza, o conforto e a paz”, como dizem os russos.

O que você pode fazer no parque:

  • Aulas de Yoga.
  • Visitar o Museu de Esculturas ao Ar Livre. Sua coleção conta com monumentos únicos da era soviética, trazidos de diversos pontos da cidade.
  • Clube das Crianças, onde os pais podem deixar seus filhos se divertindo por algumas horas enquanto relaxam no parque.
  • Fountain Square, que é uma fonte com um jato de 60 metros, ocupando 14 metros de largura. Ela é chamada de “fonte seca” porque a beira da água é nivelada com a rua. À noite é iluminada por lâmpadas especiais. Por causa desse espetáculo muitos moradores de Moscou vão até o parque nos finais de semana.

Parque Sokolniki (ПАРК СОКОЛЬНИКИ)

Sokolniki Park Moscou Rússia

Há vários séculos atrás Sokolniki era considerado o lugar de descanso do rei. Mais tarde o parque tornou-se propriedade do povo. Em 2011 o parque entrou no programa de revitalização juntamente com outros parques da cidade.

O que você pode fazer:

  • Patinar, pedalar e escalar.
  • Levar seu filho (a) para a cidade infantil, com um rinque de patinação, um parque e um delicioso sorvete feito de sucos naturais.
  • Nas noites de verão você pode se divertir dançando no bar Veranda ou no The Pool.
  • Jogar nos simuladores de golfe.
  • Ver animais como alces e esquilos.
  • Ter aulas de yoga grátis ministradas pela revista Yoga Journal.

Parque Izmailovo

Parque Izmailovo Moscou Rússia

No ano de 1939, a maior parte da floresta Izmailovsky foi alocada para a criação de um grande área de lazer. Antes de se tornar um parque de cultura e recreação, até 1961 ele tinha o nome de Stalin.

O parque possui:

  • Atrações como um autódromo, galeria de tiro, carrossel e roda-gigante.
  • Barcos para alugar, material esportivo e clube equestre.
  • Aulas de yoga, que são executadas em uma área que fica a 15 minutos a pé da entrada do parque.
  • Existe uma ilha no parque onde funcionava um antigo hospício. Ela foi revitalizada e agora os visitantes podem iar até lá de barco para jogar futebol e se bronzear nas areias praia.

Jardim do Hermitage

PArque Hermitage Moscou Rússia

Hermitage, além de ser o nome de um grande e belo museu em São Petersburgo, também é um parque da cidade de Moscou, com jardins que preservam uma série de lendas. Uma delas, por exemplo, diz que o espírito de Vladimir Lenin costuma vagar por ali.

O que fazer no parque:

  • Visitar um dos três teatros, inúmeros cafés e restaurantes, ou monumentos góticos.
  • Ir a um dos frequentes festivais de música ou noites literárias. No fim de semana você pode desfrutar de um filme ao ar livre.
  • Ter aulas de yoga e de golfe na parte de trás do parque.
  • Tirar fotos no pombal, que se tornou um símbolo do parque.

Jardim dos Boticários (АПТЕКАРСКИЙ ОГОРОД)

Jardim dos Boticários Moscou Rússia

O jardim é lugar surpreendente e agradável para caminhar e observar os peixes na lagoa. Ele é o mais antigo jardim botânico da Rússia, e foi aberta pelo czar Pedro I para o cultivo de plantas medicinais.

O que fazer no jardim:

  • Ir a um dos vários cafés e restaurantes locais.
  • Visitar a livraria especializada em arquitetura e paisagismo.
  • Comprar flores e lembranças na loja do jardim.
  • Tirar fotos na grande estufa.

Jardim Botânico da Academia de Ciências de Moscou

Jardim Botânico da Academia de Ciências de Moscou

Esse é um museu da natureza ao ar livre, com as coleções de plantas de quase todos os continentes e zonas climáticas do mundo. Passear pelo jardim é interessante, pois seu território é uma espécie de conjuntos de paisagem: todo decorado com as tradições arquitetônicas da Rússia.

Principais atrações:

  • “Jardim Japonês” e “O Rosário”.
  • No livre acesso ao jardim há uma floresta de carvalhos protegidos, um viveiro de plantas, uma exposição da flora natural e um jardim de flores.

Parque de Vorontsov

Parque de Vorontsov Moscou Rússia

O parque de Vorontsov é um lugar especial no mapa de Moscou. O nome do lugar se dá por causa de Boyar Feodor Vorontsov, que concedeu estas terras no século XVI. Esse é considerado um dos mais belos parques em Moscou.

O que fazer no parque:

  • Visitar estruturas  hidráulicas históricas, como uma cascata na lagoa, considerada rara na época em que foi construída.
  • Alugar um barco.
  • Jogar ping pong ou vôlei e frequentar um dos cafés ao ar livre.
  • Visitar um do dois grandes parques infantis.
  • Andar a cavalo e pônei com a orientação de um instrutor.

Jardim de Alexandre

Jardim de Alexandre, Moscou, Rússia

Visita considerada quase que obrigatória para quem vai à cidade, o parque está localizado no coração de Moscou, nas proximidades de uma das ruas mais movimentadas (Tverskaya). Não é permitido andar de skate ou bicicleta, mas ainda assim o Jardim de Alexandre é um dos lugares mais populares e conhecidos na capital russa.

O que você pode fazer no parque:

  • Caminhar tomando sorvete à beira da fonte. É um passeio que faz você esquecer completamente que está em uma grande metrópole.

Serebryany Bor

Serebryany Bor, Moscou, Rússia

Uma longa área verde bem às margens do rio Moscou. É um local simples, mas o considero como especial pois fiquei hospedado bem ao lado dele. Nas manhãs que passei por ali costumava correr por quase todo esse parque.

O que você pode fazer:

  • Caminhar pelas trilhas apreciando o ar fresco.
  • Passar um tempo em uma das três praias ou passear de barco. No verão a marina costuma ficar bem movimentada.
  • Nadar no rio, jogar badminton ou tênis.

Jardim Sad Bbaumana

Jardim sad baumana Moscou Rússia

O parque é privado e fica no centro da cidade. Durante vários anos o jardim chamado Bauman esteve fechado para visitas, reabrindo um bom tempo depois para a alegria dos moscovitas.

O que fazer no jardim:

  • As mães costumam passear com seus filhos pela manhã e no fim da tarde.
  • Fãs de yoga de yoga podem ir às aulas gratuitas, às terças, quintas e domingos. Os instrutores são todos certificados.
  • Para quem é fã de um estilo de vida mais ativo, também é possível jogar vôlei ou tênis no jardim.
  • À noite, nos finais de semana, são exibidos filmes clássico (nacionais e estrangeiros nacionais e estrangeiros) gratuitamente.
  • No jardim há uma gruta decorativa, preservada desde o século XVIII. Ela entrou no registo de monumentos de arquitetura e urbanismo mais importantes de Moscou.
  • Você pode comer em um dos food trucks que ficam estacionados por ali.
  • O jardim ganhou um dos melhores playgrounds da cidade: o “Casa Fanny Bell.” Os programas de diversão são divididos por idade para as crianças: “Expedition” (1,5 a 3 anos), “Geografia Criativa” (4 a 6 anos) e “laboratórios teatrais e cinematográficos” (7 a 13 anos). A programação diária conta com exercícios, música e arte. O acampamento também tem um pequeno jardim, onde as crianças cultivam flores e legumes.

Parque Krasnopresnenskiy

Parque Krasnopresnenskiy Moscou Rússia

Os monumentos de arte datam dos séculos XVIII e XIX. O parque é o único de Moscou com lagoas holandeses e uma obra prima da arquitetura do parque: uma fonte octogonal, a torre de água “Octagon”.

O que fazer no parque:

  • Passeios e eventos culturais, incluindo festivais de arte contemporânea, assistir a um filme (o cartaz fica pendurado na entrada do parque) e as performances musicais.
  • Entretenimento diário na forma de atrações e parques infantis. Embora a restauração esteja um pouco decadente, o parque manteve o seu charme nostálgico.
  • Para aqueles que desejam relaxar longe da agitação da cidade em um parque equipado com uma área de estar, cadeiras de praia gratuitas e pufe, esse é um ótimo ambiente.
  • Há também campos de basquete e futebol, além de aluguel de equipamento desportivo. Bicicletas, patins e pedalinhos também podem ser alugados a preços acessíveis para as crianças.
  • O parque também oferece aulas de diversas modalidades de yoga.
  • Para quem gosta de esportes radicais, o parque conta com uma bela pista de skate.

Parque Catariana

Parque Catherine, Moscou, Rússia

Um parque tranquilo, com uma bela casa perto do Teatro do Exército Vermelho. Ao contrário de outros parques, raramente você encontra muitas pessoas caminhando por aqui.

O que fazer no parque:

  • No meio do parque há um grande lago onde você pode alugar um barco. Há uma outra lagoa menor, porém lá você pode apenas dar comida aos patos.
  • Se estiver com fome você pode comer um grande pretzel, tomar um sorvete ou sentar em um café no parque.
  • Há um campo de futebol, quadras de tênis e um pequeno parque infantil, onde você pode jogar badminton ou rugby.
  • O Manor Neglinny está entre os mais belos lagos da cidade, e foi construído no início do século XIX. Em 1807 foi reconstruído o Instituto Catherine, daí o nome do lugar. O pavilhão onde Catherine II gostava de passar o tempo foi muito bem preservado.

Parque Fili

Parque Fili Moscou, Rússia

O parque fica a oeste de Moscou, que é pitorescamente situado às margens do rio Moscou. As encostas estão equipados com escadas, que levam diretamente até a margem.

No parque você encontra:

  • Uma área paga com várias piscinas, espreguiçadeiras, chuveiros, salões, academia e uma lanchonete ao ar livre, além de aluguel de bicicletas e uma quadra de basquete.
  • Várias vezes por semana há aulas de Yoga.
  • Uma das principais vantagens desse parque é ter uma área para churrasco, com mesas de madeira, bancos e enormes grelhas de ferro fundido.

Victory Park e Poklonnaya Gora

Victory Park e Poklonnaya Gora, Moscou, Rússia

Um local popular para skatistas e snowboarders, o Poklonnaya Hill é uma montanha que dá para ser vista de vários pontos de Moscou. Antes ele era apenas uma pequena colina, onde você podia ver o parque da vitória, que foi inaugurado em 1958 como um complexo memorial construído em honra da vitória da Grande Guerra Patriótica. O parque funciona com milhares de lâmpadas que são iluminadas à noite, na cor vermelha. Os objetos centrais do parque são o Museu da Grande Guerra Patriótica e o principal santuário do Templo de St. George.

ENEA – Centro Panrusso de Exposições

ENEA - Centro Panrusso de Exposições, Moscou, Rússia

A história começou com a Exposição União das Conquistas de Programas Econômicos, para os quais foram construídos mais de 250 pavilhões. Agora quem vai até esse maravilhoso espaço encontra muito mais do que apenas exposições.

O que você encontra:

  • Os cartões de visitas do parque são a fonte dourada “Amizade dos Povos” a famosa escultura para Vera Mukhina “Trabalhador e menina fazenda coletiva”.
  • Para o lazer ao ar livre foi construída a Aldeia Pescatória, onde os visitantes podem pegar o peixe para o jantar, que depois é cozido por chefs profissionais.
  • Há um clube de paintball equipado com uma variedade de abrigos, pista de obstáculos e outros atributos para o jogo.
  • Patinadores e skatistas vão constantemente ao parque. Você também pode alugar uma bicicleta, andar de Velomobile ou trishaw.
  • Além disso, há no parque de diversões karting e muitas outras atrações mais tradicionais como atirar bolas nas latas de leite e dardos em balões, por exmeplo. A principal atração no ENEA é uma roda gigante de 73 metros de altura. A mais alta em Moscou.
  • Para saber mais visite o site: http://vdnh.ru/en/

Existem planos para melhorar significativamente algumas áreas da cidade, como demolir construções ilegais, renovar pistas para reparar fontes e e jardins. Claro, isso não em todos os parques, mas a opções muito bem estruturadas para se divertir é o que não faltam em Moscou, não acha?

A melhor opção para reservar seu hotel em Moscou é através do Booking.com. O site apresenta as melhores tarifas e não cobra taxa extra para reservas. Reservando através desse link você estará ajudando a manter esse blog, mas não pagará nenhum centavo a mais por isso.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorUm guia pela bela Positano, na Costa Amalfitana
Próximo artigoEles arriscaram tudo para viver no verão eterno
mm
Cientista social e editor apaixonado por viagens, idiomas e todo o tipo de cultura. Já esteve em mais de 50 países, mas confessa que não sabe exatamente o número de cidades que já visitou. Acredita que a vida é muito curta para passarmos tempo demais em um só lugar, por isso está sempre transitando por aí.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui