Home Europa Rússia O que fazer na ilha Olkhon, no lago Baikal

O que fazer na ilha Olkhon, no lago Baikal

74
2
COMPARTILHAR

A ilha Olkhon é um dos destinos principais para quem visita o lago Baikal. Com pequenas aldeias, onde Khuzhir é principal delas, a ilha atrai inúmeros turistas em busca de suas belas paisagens, campos e dos mistérios acerca das lendas contadas pelos moradores.

Durante o verão russo a ilha fica bastante movimentada, mas nada tão exagerado que possa comprometer a sua viagem. Basta seguir o pequeno guia abaixo, junto com a primeira parte, para saber o que fazer na ilha Olkhon e não ter problemas com grandes grupos que costumam lotar.

Coisas para fazer na ilha Olkhon

Alugue uma bicicleta

Aluguel de bicicletas na ilha Olkhon

Para conhecer a ilha de uma forma mais livre e ecológica, você pode, por cerca de mil rublos, alugar uma bicicleta em um dos hotéis ou pousadas que ficam na aldeia de  Khuzhir. Há alguns caminhos bem agradáveis ao longo da ilha, então o ideal é que você tenha uma bicicleta à disposição por alguns dias para que se locomover mais tranquilamente gastando pouco.

Alugar um caiaque

A ilha é um lugar excelente para praticar canoagem. As águas do Baikal nesta parte do lago costumar ser bastante calmas, então você pode navegar por elas por um bom tempo. Alguns moradores ou hotéis de Khuzhir oferecem o serviço de aluguel de caiaques, custando cerca de 700 rublos por hora. É possível remar ao redor da ilha, escolher um local calmo para acampar e retornar somente na manhã seguinte.

Caiaque-no-lago-Baikal

Mas antes de iniciar essa aventura, informe-se com alguns moradores locais sobre os cuidados que você deve ter e, é claro, sobre a previsão do tempo. Assim você estará mais seguro ao navegar. E não esqueça que, mesmo sendo verão na Rússia, você deve levar bons agasalhos e algum material de proteção contra a chuva, além de alimentos.

Caminhada

Caminhar pelas belas e selvagens florestas, pelas estradas e pelas prais de Olkhon é uma das melhores maneiras de conhecer a ilha. Um dos melhores caminhos é seguir ao norte de Khuzhir, de onde você conseguirá ver uma imensidão de montanhas e outras paisagens. Mas antes de iniciar qualquer aventura desse tipo, informe-se na pousada Nikita Goncharov como fazê-la. Lá é o local da ilha onde eles possuem as melhores informações para os visitantes.

Caminhada-na-ilha-Olkhon

Além disso, nunca esqueça de levar equipamentos adequados com um bom calçado, capa de chuva e saco de dormir com um bom isolante de temperatura. Não custa nada relembrar que, mesmo sendo verão, você está na Rússia, então as temperaturas podem oscilar bastante da noite para o dia.

Alugar um carro ou uma moto

O aluguel pode ser feito na pousada Nikita por cerca de 1000 rublos por dia. Dentre os veículos estão disponíveis jipes e motos de trilha, e você pode alugá-los com ou sem um motorista.

Informações turísticas lago Baikal

Se você não tem experiência em pilotar ou dirigir em terrenos difíceis, a melhor opção é contratar um motorista também. As estradas mais distantes não são tão fáceis de serem domadas. Principalmente quando chove.

Pescar

peixe omul

Há alguns locais na lha que oferecem uma excursão voltada à pesca. Basta se informar diretamente com os pescadores na aldeia Khuzhir. E eles te fornecem todos os equipamentos necessários para pescar o omul o famoso peixe local que pode ser comido cru. É só temperar com sal que ele fica uma delícia.

Os locais de cultura xamã

Cultura-xamã-na-ilha-Olkhon

A ilha está de lugares onde a cultura xamã foi bastante praticada pelos povos antigos, sendo bem fácil chegar até eles de caiaque. Alguns deles dão um certo transmitem grandes mistérios em torno de seus símbolos da maneira que o povo fala deles. Também é possível acessá-los através de excursões, mas nesse caso você ficaria limitado a visitar os locais com um certo limite de tempo.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorIlha Olkhon, uma das grandes atrações do lago Baikal
Próximo artigoOnde se hospedar na ilha Olkhon
mm
Cientista social e editor apaixonado por viagens, idiomas e todo o tipo de cultura. Já esteve em mais de 50 países, mas confessa que não sabe exatamente o número de cidades que já visitou. Acredita que a vida é muito curta para passarmos tempo demais em um só lugar, por isso está sempre transitando por aí.

2 COMENTÁRIOS

  1. Os Buryats indigenas acreditam que a ilha e um local espiritual, habitado por espiritos nas rochas. Olkhon e um dos centros sagrados para o xamanismo e considerada o centro da cultura Kurumchinskay dos seculos VI-X.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui