Home Europa Rússia 10 lugares que vão te mostrar toda a beleza da Rússia

10 lugares que vão te mostrar toda a beleza da Rússia

107
0
COMPARTILHAR

Fazer uma viagem ao redor desse país com dimensões continentais com certeza é algo para recordar por toda a vida, pois o país a beleza da Rússia conta com uma variedade inesgotável de paisagens e cenários pouco explorados. Portanto, acredito que a melhor maneira de sentir o espírito de um lugar tão grande como esse é através de um bom mochilão por caminhos poucos explorados.

Existem rotas no território russo que muitos viajantes nunca ouviram falar mas que, com certeza, deveria conhecer.

Abaixo estão alguns desses lugares que vão te mostrar a real beleza que a Rússia esconde.

1. Kronotsky, Kamchatka

vulcão kronotsky Kamchatka Rússia

Cachoeiras, lagos encantadores, vulcões, gêiseres poderosos. Tudo isso está no incrível e belo território da reserva natural de Kronotsky. O Vale dos Geysers, que é reconhecido como uma das sete maravilhas da Rússia, é um dos maiores campo de gêiseres do mundo, além de único na Eurásia. Sem falar no poderoso vulcão Kronotsky, que lembra muito o Monte Fuji.

A abundância da reserva é interessante e chega a ser incomum devido a ter diversas trilhas para caminhadas. Uma das mais conhecidas começa com na base da península Karymskii. Depois de alguns dias de caminhada os turistas costumam ir para o Vale dos Geysers e para as cachoeiras e lagos.

2. Divnogorje (Дивы Дивногорья)

reserva Divnogorje Rússia

As pilastras gigantes Divnogorje assemelham-se aos espíritos de pedra dos, segundo histórias locais, guardas que guardavam a região de Voronezh, onde o riacho deságua tranquilamente. Os locais costumam, inclusive, chamar esses pilares de Дивы (diva). Provavelmente por causa da palavra “devas” – “espíritos” – ou porque simplesmente têm uma vista fabulosa.

Esta magia não termina aí: à direita, no meio da Divah Cretáceo, foram encontradas surpreendentes igrejas e mosteiros de pedra datando do século XVII. Ainda segundo os locais, estas estruturas originais parece estar armazenando os espíritos antigos dos monges ascéticas que viveram aqui, pois as pedras conseguem se manter na mesma temperatura, tanto no inverno quanto no verão, não passando dos 15 graus.

3. Istmo da Curlândia

Istmo da Curlândia Rússia

Istmo é um caminho de terra, geralmente bem estreito, com água dos dois lados e que liga duas grandes extensões de terra.  E no Istmo da Curlândia (Mar Báltico), que liga a Lituânia com a Rússia, a viajam é feita apenas a pé, pois as areias das montanhas precisam ser preservadas de danos maiores causados pelo homem.

Mas não se preocupe muito com fato de caminhar muito porque a paisagem deslumbrante te fará esquecer de qualquer distância. Há várias trilhas para caminhadas através da majestosa Floresta Royal, uma floresta incrível com onde pinheiros altíssimos.

O Istmo da Curlândia é considerado Patrimônio Mundial pela UNESCO, e você conhecê-lo por completo em poucos dias de caminhada.

4. Kizhi

ilha de Kizhi Rússia

“Cúpula dos Contos Incomparáveis” ou “Igreja de Verão”. É assim que costumam chamar a Igreja da Transfiguração, a mais famosa igreja de Kizhi, uma ilha russa que fica no lago Onega.

A igreja, assim como as demais construções (Igreja da Interseção e Torre do Sino), foram construídas no início do século XVIII, sem o uso um único prego ou parafuso, utilizando-se apenas o encaixe perfeito das toras de pinheiro.

Para visitar a ilha há opções como navios de cruzeiro, helicópteros ou caminhos feitos pela neve durante o inverno. E mesmo havendo moradores nas aldeias locais, não há como se hospedar na ilha, então para conhecê-la você deve caminhar ao longo do dia pelas estradas bem pavimentadas, e então deixar o local à noite.

As pastagem sob o céu infinito, as velhas cabanas e os moinhos de vento são como o norte da Rússia em miniatura. Se você tiver sorte poderá presenciar uma das festas que acontecem no museu local.

5. Ergaki

montanhas de Ergaki Sibéria Rússia

Ergaki é uma região muito peculiar com imponentes falésias e densas florestas, dentro do Parque Natural de Sayan, a Sibéria. As paisagens são tão exóticas que muitas vezes parecem não ser de verdade, por causa da singularidade de um monte de lagos com águas claras e picos rochosos que, por sua forma incomum, foram nomeados de Dente do Dragão.

A principal forma de explorar a região de Ergaki é ir em direção ao lago, onde ficam alguns acampamentos de turismo.

6. Lago Baikal

lago Baikal Rússia

Nenhum outro lago na Rússia é tão famoso quanto o lago Baikal. Enorme, majestoso e único, inúmeras canções e lendas forma construídas sobre ele. A surpreendente transparência de suas águas verde-esmeralda junto de toda sua beleza é um bom motivo para ir visitá-lo.

Para chegar ao lago de maneira um pouco mais aventureira, há uma cênica trilha passando pela cidade de Listvyanka, onde há alguns hotéis e outras atividades turísticas . O caminho é um pouco íngreme, mas equipado com escadas e pequenas pontes. Já nas margens do lago Baikal você se depara com cachoeiras, rios de cristal, petróglifos antigos e animais raros. Você pode praticar a pesca ou um maravilhoso mergulho no lago. Para os amantes de alturas, existem belas rotas que levam até o cume das montanhas da região.

7. Montanhas do Cáucaso

montanhas do Cáucaso Mar Negro

A reserva natural do Cáucaso está situado nas encostas do Cáucaso ocidental, no território de Krasnodar, Adygea e Karachay-Cherkessia, entre os mares Negro e Cáspio. Nessa região há várias trilhas e para todos os gostos. Sugiro conhecer as montanhas cobertas de neve, onde você pode ver de perto o brilho  do vale da esmeralda. Lá você também encontra riachos, cachoeiras e antigas sepulturas às margens do do Mar Negro.

Uma das rotas mais populares é a rota turística № 30, seguindo a partir da aldeia Lagonaki, passando pelo cume da montanha até o abrigo Fischt, uma espécie de cidade turística no alto das montanhas que segue em direção ao mar.

8. Ilhas Solovetsky

 Ilhas de Solovetsky Rússia

Solovki é um verdadeiro monumento santo e melancólico ao norte da Rússia. A natureza em harmonia com sua estrita construção do Mosteiro Solovetsky tem uma beleza sublime e especial. Para chegar nesse lugar onde, aliás, foi filmado “The Island”, de Pavel Lungin, não é possível através de uma excursão comum.

Somente após uma travessia de de 4 a 5 dias, passando pelo grande arquipélago de Solovetsky a bordo de um barco, você conseguirá chegar a todas as demais ilhas do arquipélago.

9. Pilares em Krasnoyarsk

Pilares em Krasnoyarsk Rússia

Krasnoyarsk Stolby é uma reserva natural que fica às margens do rio Yenisei, na Rússia. O lugar é gigantesco e conta como grande atrativo enormes colunas de pedra com alturas que atingem cerca de 100 metros. Essas imponentes rochas se formaram através de atividades vulcânicas hã milhões de anos atrás.

Esse local foi explorado pela primeira vez por povos antigos da Sibéria, onde ergueram sua fortaleza e ficavam admirando os grandes pilares de pedra.

Se você gosta de aventura pode desbravar esse parque na companhia de escaladores locais experientes. A maioria deles faz isso sem o uso de qualquer equipamento, o que passou a ser comum para aqueles que vivem em Krasnoyarsk.

10. Monte Belukha, Altai

Monte Belukha Altai Rússia

Altai, na fronteira com o Cazaquistão, é exemplo de uma beleza magnífica desse país montanhoso. “Parecia que eu tinha visto o Deus vivo, com todo o seu poder e beleza e, inclusive, senti vergonha por eu, pobre mortal, querer transmitir a sua imagem” – escreveu sobre este lugar o geólogo Peter Chiharu.

As rotas levam aos pés da mais bela e alta montanha de Altai: a fabulosa Belukha. Além de seu lago espelhado. Esses lugares em Altai são chamados de misteriosos, e por isso muitas vezes são procurados como campos de meditação, devido sua energia e tranquilidade. A rota até lá geralmente leva pelo menos uma semana, mas valem muito a pena se você quiser passar um bom tempo em silêncio, meditando, contemplando as majestosas  montanhas e desfrutando da natureza deslumbrante.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorDicas sobre o que fazer em Buenos Aires
Próximo artigo10 Cidades da Rússia para você passar o Ano Novo
mm
Cientista social e editor apaixonado por viagens, idiomas e todo o tipo de cultura. Já esteve em mais de 50 países, mas confessa que não sabe exatamente o número de cidades que já visitou. Acredita que a vida é muito curta para passarmos tempo demais em um só lugar, por isso está sempre transitando por aí.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui